CCR RodoNorte e torcida do Operário Ferroviário se unem pela solidariedade

0
Instituições que representam o torcedor do atual Campeão Paranaense são parceiros da campanha que já arrecadou mais de 12 milhões de lacres
Instituições que representam os torcedores do atual Campeão Paranaense são parceiros da campanha que já arrecadou mais de 12 milhões de lacres

Antes mesmo da estréia no Campeonato Paranaense, a torcida do Operário Ferroviário começou 2016 marcando um ‘golaço’ de solidariedade. Parceiros da CCR RodoNorte na campanha Lacre Solidário, a Associação Avante Fantasma (AAFA) e Torcida Trem Fantasma (TTF) realizaram, ao longo deste mês, doações coletivas para a campanha que junta os lacres das latinhas de bebidas para doar cadeiras de rodas para quem precisa.

As organizações que representam os torcedores do Fantasma são parceiras do ‘Lacre Solidário’ desde abril do ano passado, quando as instituições entraram na campanha juntamente com o próprio Operário Ferroviário, que estava às vésperas do título inédito do Estadual. “A busca pelos lacres nos mobilizou não apenas na nossa sede, mas nas casas, nas famílias de cada um dos nossos membros. O melhor de tudo é que a conscientização tem um objetivo muito nobre, a troca pelas cadeiras de rodas”, ressalta Thiago Moro, presidente da AAFA.

A campanha

Iniciada pela CCR RodoNorte em agosto de 2013, a campanha Lacre Solidário conta, além de Operário, AAFA e TTF, com mais de 50 parceiros em 18 cidades que estão ao longo das rodovias cuidadas pela concessionária no Paraná. De lá para cá, mais de 12 milhões de lacres foram arrecadados, quantidade que possibilitou a aquisição de 36 cadeiras de rodas para quem precisa.

Para conseguir uma cadeira de rodas, o ‘Lacre Solidário’ precisa arrecadar 140 garrafas pet – de 2 litros – cheias de lacres. Todas as doações para a campanha podem ser entregues nas bases, praças, balanças e na Sede da CCR RodoNorte, além das unidades da Farmácias Fleming e nas sedes do Operário Ferroviário, da AAFA e da Torcida Trem Fantasma.

Deixar uma Resposta