CCR RodoNorte inicia curso de imersão para socorristas

0

 

Candidatos a integrar banco de profissionais do Atendimento Pré-Hospitalar (APH) realizam atividades práticas e teóricas. Ao todo, 30 profissionais foram selecionados pela concessionária para o curso.
Candidatos a integrar banco de profissionais do Atendimento Pré-Hospitalar (APH) realizam atividades práticas e teóricas. Ao todo, 30 profissionais foram selecionados pela concessionária para o curso.

Uma oportunidade para ampliar conhecimentos, aplicá-los na prática e se preparar para atender com excelência os usuários que rodam pelas rodovias do Paraná. Nesta semana, a CCR RodoNorte iniciou um curso de imersão com 30 socorristas vindos de cidades onde há bases operacionais da concessionária ao longo das  BRs 277, 376 e na PR 151. O curso, que possui 110 horas de duração e vai até o próximo domingo (28), habilita os profissionais aprovados para integrarem o banco de profissionais da concessionária no Atendimento Pré-Hospitalar (APH).

Durante este período, os socorristas ficam reunidos em Ponta Grossa e realizam várias atividades práticas e teóricas. “Revisamos protocolos de Atendimento Pré-Hospitalar reconhecidos internacionalmente, além de realizarmos exercícios práticos e simularmos situações de atendimento na rodovia. Tudo isso para chegarmos ao nível de exigência necessário para atender o nosso usuário”, ressalta Dalton Scarpin Gomes, coordenador da capacitação no APH da CCR RodoNorte.

Um exemplo destas ações foi o exercício realizado nesta sexta-feira (19) na PR 151, em Carambeí. Os socorristas em treinamento realizaram atividades de rapel, simularam situações de atendimento em aclives e receberam diversas orientações. “É um complemento ao conhecimento que eles trazem da formação no curso convencional de socorrista e também do que passamos ao longo das nossas atividades em sala de aula”, completa Gomes.

Seleção prévia

Para chegar até o curso de imersão, os participantes fizeram parte de um processo de seleção que iniciou em dezembro do ano passado e contou com entrevistas e análise de currículos. Os selecionados para o curso possuem formação em curso técnico em enfermagem ou curso de socorrista, além de possuir carteira de habilitação categoria D. Todo o procedimento, desde a seleção até o curso, é gratuito.

Deixar uma Resposta